Geo10ºD

Este blog destina-se à partilha de informaçoes pelos alunos da turma, mas está aberto a toda a comunidade :)

Quarta-feira, 12 de Outubro de 2011

A história da União europeia

Historia

      Antes da primeira metade do século XX, a ideia de uma Europa unida começou por ser esbatida por vários filósofos e visionários, como foi o caso de Vítor Hugo, que imaginou uns “Estados Unidos da Europa” pacíficos e inspirados num ideal Humanístico. Porém esses sonhos de uma Europa movida pela união dos povos, parecia estar bem longe da realidade devido aos conflitos existentes na 1ª metade do século.

      Na década de 40, a Europa foi palco de uma das maiores guerras que o mundo já conheceu, a II guerra mundial, que marcou profundamente o século XX pela ascensão e mais tarde, pela queda das ideologias totalitárias. Todavia, foi das cinzas da II guerra mundial que nasceu uma nova esperança e um maior empenhamento em iniciar-se uma nova era. Em 1947 já se tinha feito anunciar, um plano (plano Marshall), que tinha como objectivo, elaborar um programa de reconstrução económica.

      Porém em 1950 (cinco anos depois da segunda guerra mundial) os antigos adversários ainda estavam longe da reconciliação e ainda planava no ar, a ameaça de um conflito entre a zona Leste e Oeste do continente. Para evitar repetir os erros do passado e promover a paz e o bem-estar da população, Jean Monnet (principal inspirador da famosa “Declaração Schuman” de 9 de Maio de 1950) propõe a Robert Schuman, ministro francês dos negócios estrangeiros e ao chanceler alemão Konrad Adenauer a formação de um interesse comum entre os seus países, ou seja, a criação de uma entidade que gerisse em comum a produção Franco-alemã do aço e do carvão, e assim, desta forma, evitar as rivalidades entre estes dois países.

      A ideia fundamental, relativamente à proposta, era que:

 

“A paz mundial não poderá ser salvaguardada sem uma criatividade à medida dos perigos que a ameaçam”.

 

     Adenauer viu nesta proposta de Schuman, uma oportunidade para apaziguar a Europa pelo que acabou por aprova-la. Posteriormente foi a vez de mais quatro países dos quais Itália, Bélgica, Holanda e Luxemburgo reagirem favoravelmente a proposta de Schuman acabando por assinar em Abril de 1951 um acordo constitutivo da comunidade europeia do carvão e do aço (CECA) com o tratado de Paris.

      Os países fundadores pretendiam ainda uma gestão interligada das economias dos vários países destruídos pela famosa e já referida II Guerra Mundial. Esta ideia proporcionou assim, unir politicamente e economicamente os países europeus. Este foi o inicio de mais de meio século de cooperação pacifica entre os estados-membros, onde assim surgiu uma nova Europa ocidental, baseada nos interesses comuns dos seus povos e nações e assente em tratados que garantissem a primazia da lei e a igualdade das nações. Estava assim formada a união europeia.

publicado por esas às 09:22

mais sobre mim

Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30
31

pesquisar

 

comentários recentes

  • Como se explica a paz que a europa vive hoje?
  • brigada.
  • linda kika !
  • LIndo!
  • por favor gostaria de saber Como foi a passagem do...
  • O MEU TRABALHO DE GEOGRAFIA FOI TODO FEITO POR AQU...
  • This article written by a good flat, ah, anyway I ...
  • muito bom!!
  • O Exame correu-me bem, espero que a todos os meus ...
  • muito interessante este vídeo! um abraço

mais comentados

blogs SAPO


Universidade de Aveiro