Geo10ºD

Este blog destina-se à partilha de informaçoes pelos alunos da turma, mas está aberto a toda a comunidade :)

Quinta-feira, 07 de Outubro de 2010

A globalização

Globalização:

fenómeno que traduz uma uniformização mundial em termos

económicos, financeiros, sociais, políticos, culturais, religiosos, jurídicos, baseado essencialmente na divulgação do modelo ocidental, com uma economia de mercado e uma organização político-social liberal.

 

 

 

Mundialização:

conceito relacionado com a crescente integração económica,

caracterizando-se principalmente pela instantaneidade de

transferências massivas de capitais de uma praça financeira para outra, decorrentes das melhorias nas técnicas informáticas, nas

ligações por satélite e na rede de Internet

 

 

Causas da Globalização

 

  • Desenvolvimento dos transportes

Revolução das TIC

Crescente liberalização dos mercados proporcionada pelas ETN

Movimentos de integração económica (UE, ASEAN, NAFTA)

Criação de organizações económicas  intergovernamentais (BM, FMI, OMC)

Dimensão Económica

 

• Aparecimento de uma nova divisão internacional do trabalho (DIT)

• Sistema financeiro e investimentos à escala global (IDE)

• Processos de produção flexíveis e multilocais

• Baixos custos dos transportes

• Revolução das TIC

• Desregularão das economias nacionais

• Emergência do capitalismo transnacional

• Premência das agências financeiras multilaterais

• Emergência de três grandes centros mundiais: EUA, URSS, EU

 

Dimensão Social

Aparecimento de uma nova classe capitalista transnacional fora do controlo das organizações nacionais, da qual fazem parte os administradores, gestores e accionistas das ETN e que concentram uma grande parte do rendimento mundial

Dimensão Cultural

• Verifica-se a difusão de uma nova cultura universal

• Criam-se comunidades transnacionais que partilham sentimentos e identidades comuns

• Pode-se assistir ao desaparecimento das especificidades das culturas locais ou nacionais

 

Dimensão demográfica e religiosa

Intensificação dos fluxos migratórios

Aumento dos fluxos turísticos

Aumento do multiculturalismo e multietnicidade

Diversidade de dinâmicas espaciais religiosas, como a expansão de algumas religiões (ex. islamismo) e perda de influência de outras

Dimensão Política

Estabelecimento de acordos políticos inter estatais, uma vez que a organização política estatal deixa de ter condições para suportar as exigências da nova DIT e da visão “pró-mercado”

Características da globalização

Difusão do modelo liberal de economia de mercado

Intensificação das trocas comerciais de natureza diversa à escala mundial

Concorrência acrescida/competição feroz entre empresas

Crescente importância das ETN como actores do processo de globalização

Domínio das trocas ditas transnacionais e intra-empresariais

  • Abertura das fronteiras aos grandes fluxos planetários (de bens,

pessoas, capitais, informações e serviços comerciais)

• Diminuição/”desnacionalização” do papel/peso do Estado.

• Deslocalização contínua das empresas, procurando reduzir os

custos de produção

• Utilização crescente das novas tecnologias de informação e

comunicação

• Consumo de massas de produtos standard

Actores da Globalização

Investidores institucionais

Estados

Cidades Globais

Media

ONG

Organizações económicas regionais

Organizações internacionais: OMC, FMI, etc

Indivíduos

ETNs

Globalização

Aspectos positivos

• O sistema de trocas internacionais favorece a especialização e a eficiência produtiva, permitindo a cada país aperfeiçoar-se nas produções em que possui vantagens comparativas

• O fluxo de capitais e de pessoas e a internacionalização das empresas, facilitam a difusão internacional das inovações e o progresso científico, alargando as possibilidades de produção

• Os consumidores ganham ao adquirirem bens a preços mais baixos, devido à redução dos custos de produção, e ao acederem a uma maior diversidade de bens e serviços

 

 

Globalização

Aspectos negativos

• O aprofundamento das desigualdades sociais e económicas entre países ricos e países pobres

• A cooperação internacional beneficia os países estratégica ou comercialmente interessantes, em vez de contribuir para a redução das assimetrias de desenvolvimento

• As trocas Norte-Sul aumentam as desigualdades entre as grandes potências ocidentais e os países em desenvolvimento

 

publicado por esas às 09:00

mais sobre mim

Outubro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisar

 

comentários recentes

  • Como se explica a paz que a europa vive hoje?
  • brigada.
  • linda kika !
  • LIndo!
  • por favor gostaria de saber Como foi a passagem do...
  • O MEU TRABALHO DE GEOGRAFIA FOI TODO FEITO POR AQU...
  • This article written by a good flat, ah, anyway I ...
  • muito bom!!
  • O Exame correu-me bem, espero que a todos os meus ...
  • muito interessante este vídeo! um abraço

mais comentados

blogs SAPO


Universidade de Aveiro